Bem Vindos ao nosso Mundinho!

PIMENTINHA E NINNIKI

E minha mais nova Adoção: ANIN
GATINHA BRANQUINHA, MUITO DOCE, CARINHOSA, MEIGA...

ANIN , FOI RESGATADA DAS ENCHENTES SERRANAS. QUANDO A VI, FOI AMOR A PRIMEIRA VISTA. NÃO RESISTI E A TROUXE PARA CASA. SERIA O MEU PRESENTE PARA A NETINHA NINA
DURANTE OS 4 PRIMEIROS DIAS QUE ESTEVE EM MINHA CASA FOI UMA ALEGRIA SÓ.
INFELIZMENTE, ELA ACABOU SAINDO PELA PORTA DOS FUNDOS DE MEU APARTAMENTO, SEM QUE NINGUÉM VISSE. E ELA QUERENDO VOLTAR PARA DENTRO DE CASA TENTOU ENTRAR PELA JANELA (TELEDA) E CAIU DO 5º ANDAR.
MAS COMO DIZEM QUE GATOS TÊM SETE VIDAS, ANIN, SOBREVIVEU PELA SEGUNDA VEZ, APÓS UMA CIRURGIA NA PATINHA, ONDE FOI COLOCADO 2 PINOS.
ANIN, AINDA ESTA COM A PATINHA IMOBILIZADA, MAS JÁ ESTÁ ANDANDO E SEM DOR. ELA JÁ ESTÁ BEM E VAI FICAR MUITO MELHOR.
OS MEUS DOIS GATINHOS, NINNIKI E PIMENTINHA JÁ A ADOTARAM COM TODO CARINHO. AGORA SÃO 3 ANJINHOS QUE TENHO AQUI E QUE OS AMO MUITO.


ANIN SE RECUPERANDO DA OPERAÇÃONA PATINHA

Músico da "banda do Salão de Festas"!

Genti fina!

gentefina

Video - Gatinhos CHAMEGANDO.

Os Gatinhos são Adoráveis!
Eles só querem carinho e Atenção!

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O que vem a ser Ailurofilia ?


O que vem a ser Ailurofilia ?
por Fabio Rinaldi
"Estranha palavra, que expressa um sentimento muito belo e nobre: ailurofilia, ou elurofilia, significa “paixão por gatos, afinidade com os felinos”.Certas pessoas nutrem verdadeiro amor por esses animais, têm facilidade de comunicação com eles (às vezes mais do que com os humanos), se dão bem, entendem e se fazem entender por eles. Alguns consideram doença, obsessão. Não é. É só paixão e identificação, mesmo. Somos ailurófilos natos. Se nos perguntarem de onde surgiu essa paixão, não saberemos explicar ao certo. De nossa convivência com eles,achamos. Acreditamos que seja quase impossível a alguém que tenha tido a oportunidade de conhecer de perto um desses felinozinhos, que não tenha despertado nem mesmo um pequeno sentimento de ternura. Mas nos referimos a conhecer mesmo, a ter convivência com o coração aberto, dentro de casa, cotidianamente. Gato de quintal, de rua, de muro, não vale. Ver o gato de longe e alimentá-lo em cima do telhado não é conhecer. Para conhecermos um gato, temos que conquistar sua amizade e confiança. Tanta coisa ruim se atribui tão injustamente aos gatos... egoísmo, traição, falta de amor pelo dono... tudo mentira, invenção de quem apenas os olha de longe. Bem, na verdade gato não tem dono, eles têm amigos humanos. É certo que os gatos são orgulhosos, e não gostam de ordens, o que não significa que não nos entendem. Apenas não gostam de obedecer. Têm personalidade própria e gostam de fazer tudo à sua maneira; às vezes nos desafiam para mostrar que são livres. Quando obedecem, querem sempre dar a impressão de que o fizeram porque quiseram, não porque mandamos.Não se deitam no colo se não têm vontade, na verdade não fazem nada que não tenham vontade; mas se têm, fazem o possível para conseguir atenção: deitam-se candidamente sobre nosso livro, sobre o jornal, chegam devagarzinho e mal percebemos quando já se aconchegaram em nossa barriga. São curiosos: entram por qualquer porta que encontrem meio aberta, e por isso é comum que às vezes fiquem presos dentro de armários.Não brincam quando queremos, apenas quando eles querem. Distraem-se facilmente, gostam de brincar sozinhos, e se nos intrometemos, é natural que parem a brincadeira e nos deixem no vão. Não significa que não gostem da gente: apenas têm atitude, ao contrário de muitas pessoas, de mostrar-nos que preferem estar sozinhos, naquele momento. Os gatos são sinceros, mostram o que sentem. Se não gostam de alguém, saem de perto. Percebem os sentimentos das pessoas: se a visita não gosta de gato, ele logo se esconde (ou, no caso dos mais atrevidos, chegam como quem não quer nada e afia as unhas em sua calça); se a pessoa tem medo de gatos, ele se compraz em se esconder atrás da porta e pregar-lhe um belo susto, saltando alegremente em seus pés. São ágeis e dão saltos incríveis: um gato jovem e brincalhão pode nos fazer “perder” horas de nosso dia assistindo-o brincar, com suas divertidíssimas piruetas, contorções e saltos acrobáticos. Os gatos nos ensinam a convivência, o respeito pelo próximo, a paciência, a retribuição de sentimentos. Se você não gostar de um gato, pode ter certeza de que ele também não gostará de você. Mas se você tiver afeição por ele, será recompensado pelo tipo de carinho e amor mais sinceros, que é o dos felinos. Pois os gatos não são capazes de fingir sentimentos. O que traz as boas energias não é exatamente o gato, mas o amor recíproco que sentimos um pelo outro. Um ambiente de afeição com certeza se torna mais leve e agradável. E os gatos nos proporcionam isso. “Além, é claro, de enfeitarem nossa casa, como um bibelô animado.”

As 10 coisas que os gatos não gostam


Por Glauce Arrais

"As 10 coisas que os gatos não gostam"
1 - Utilizar bandeja sanitária com areia acumulada de fezes e urina. A limpeza é essencial para evitar o contato com parasitoses e protozoários. Recomendo também aos proprietário que sempre utilize luvas para efetuar a limpeza.
2 - Utensílios como coleiras, roupas e laços podem ocasionar uma grande hipersensibilidade no animal, efetuando queda de pêlo local.
3 - Ingerir água parada. O felino por instinto possui o hábito de beber água corrente. Indico aos proprietários terem uma fonte pequena e com água filtrada para garantir que o gato esteja bebendo a quantidade necessária de líquido ao dia.
4 - Odores fortes como de alguns produtos de limpeza, sabão em pó e perfumes podem levar o gato a intensas crises respiratórias.
5 - Ficar no colo na posição sentado, com o dorso voltado para baixo, esta postura retira o animal da posição de defesa e equilíbrio em caso de queda.
6 - Escovação dos pêlos com rasqueadeiras, pois elas são mutio duras. O animal sente dor e pode ocasionar lesão na derme retirando toda a oleosidade de proteção da pelagem. A indicação adequada seria pente fino semanalmente.
7 - Mudanças bruscas de hábitos alimentares. Este fato é considerado de maior importância, pois os gatos não podem ficar sem comer por 48 horas e podem chegar a apresentar um quadro de Lipidose Hepática.
8 - Serem banhados com água fria, pois a pelagem dupla de algumas raças de gatos conserva a temperatura em sua derme um pouco mais elevada em determinadas épocas do ano, por isso recomenda-se o banho com água morna e produtos hipoalergênicos, escolhendo quando necessário o Pet Shop, onde no momento do banho o GATO não tenha estresse nem contato com os outros animais.
9 - Não manter o animal preso em ambientes pequenos. A necessidade de o felino se exercitar está relacionada ao seu metabolismo.
10 - O gato não costuma dormir muitas horas seguidas na parte da noite, pois possui hábitos noturnos como alimentação, entre outros.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Pimentinha e Anin

Essa, é minha gatinha Anin

Esse bebun aí é o Ninniki, brigou com Pimentinha e Anin...

>

Comportamento do gato


Comportamento do gato
O gato é um animal fascinante! Com inúmeras habilidades e conhecido pela sua famosa autonomia e independência, hoje se sabe que são amigos carinhosos, dóceis e se apegam, sim, ao seu dono. Os felinos vivem cada vez mais próximos do homem, o que gera uma certa dependência dos seres humanos. Como bons amigos, merecem por parte de seus donos todo o cuidado com o seu bem-estar, sua alimentação, com os parasitas e até com as atividades lúdicas. Diante disso, vamos saber um pouco mais sobre os gatos e sobre o comportamento desses animais singulares! O comportamento do gato pode ser estudado sob diversos aspectos. Para conhecer melhor seu amigo destacamos algumas classes do comportamento felino: O comportamento social - A socialização do gatinho inicia-se a partir da segunda semana de vida e termina por volta da sétima semana. É importante que seus sentidos e inteligência sejam estimulados. No entanto, para que os gatos possam ter uma convivência harmoniosa com os humanos é importante que tenham contato conosco desde filhotes. Sabe-se, por exemplo, que se um filhote não é acariciado por humanos e colocado no colo até os dois meses de idade, quando adulto dificilmente aceitará esse contato. O filhotinho consegue se limpar sozinho com seis semanas de vida. O comportamento comunicativo: os gatos se comunicam de várias formas: pela postura, pelo movimento das orelhas e bigodes, pela locomoção e vocalizações, que correspondem a uma diversidade de sons e o curioso ronronar. O comportamento alimentar: inicia-se com a ingestão de leite e, a partir da 4ª semana, já se interessa pelo mesmo alimento de sua mãe. É a partir dessa idade que o felino aprende a beber água fresca. Nesse momento também é conveniente fazer com que experimente vários tipos de ração. Podemos também observar o gato pelo seu comportamento sexual, comportamento de eliminação, comportamento de locomoção, de agressão e o higiênico. Os felinos têm uma natureza diferente da dos cães. Consideram o ser humano como um igual, como um "parceiro" de convívio em seu meio social. Já os cães consideram a família humana como a sua "matilha". Os gatos são animais de estimação cuja confiança e afeto precisam ser conquistados pelo dono. Se adotar, comprar ou ganhar um filhote de gato, quando ele chegar em sua casa deixe-o à vontade no ambiente. No entanto, é importante educá-lo quanto aos locais restritos ao seu acesso, como em cima de mesas enquanto você se alimenta. Se não educá-lo quando houver visitas, ele não saberá diferenciar um momento do outro. Ele saltará e andará em cima da mesa normalmente. Apesar de domesticado e hoje em dia mais dependente dos humanos, o felino continua convivendo com outros gatos e se porta como tal, exibindo comportamentos naturais da espécie, muitas vezes com padrões que entram em conflito com a domesticação. De qualquer forma, pode acontecer de aparecer algum distúrbio de comportamento. Nesse caso, procure um profissional especializado para orientá-lo. Busque informações sobre os gatos para, assim, poder ter uma convivência feliz e saudável com seu amigo de estimação.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Foi no Carnaval!!!





Fofurinha: Anin, Pimentinha e Ninniki.








Um novo olhar sobre os bichanos - Linguagem Corporal
Linguagem corporal dá dica do que se passa no coração e na mente do animal
1 - Balançar a cauda - Ao fazer isso, um gato não está demonstrando alegria. Muito pelo contrário. Significa que está incomodado com alguma coisa ou pronto para o ataque

2 - Massagear - O gato pressiona superfícies e movimenta as patas. Em geral, demonstra satisfação e contentamento. Filhotes fazem isso enquanto mamam

3 - Rolar - Indica tanto que o gato não tem a intenção de atacar quanto que está submisso, embora a submissão felina indique mais afeição que obediência

4 - Esfregar-se - Expressa afeição e demarcação de território. O contato quase direto com a pele faz com que o cheiro do bichano fique impregnado onde quer que ele se esfregue

5 - Movimentar orelhas - A posição dos órgãos indica a vontade de participar das situações. Altas e viradas na direção do que está acontecendo, indicam interesse. Baixas e viradas para o lado oposto do movimento ou som demonstram indiferença

6 - Miar - Há dezenas de miados. Variam de acordo com a situação e a intenção. Os mais longos e crescentes costumam indicar felicidade, os mais agudos e estridentes podem ser sinal de uma briga com outro gato

7 - Ronronar - Quando afagados, os gatos ronronam para demonstrar deleite e reciprocidade

8 - Morder - Serve para demonstrar afeto, agredir ou brincar. A que indica afeto costuma ser a mais delicada e ocorre enquanto o gato recebe carinho ou sente prazer com a companhia



segunda-feira, 14 de novembro de 2011

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O que os gatos fazem por nós.

Magia Felina...Simplesmente Gatos

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Canal de reprodução de Videos de meus Gatinhos

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Ninniki e Anin



Pimentinha


Anin

Anin



Pimentinha



Anin



Ninniki



Anin



Pimentinha, Ninniki e Anin


segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Apelo em favor dos animais- Cairbar Schutel




Apelo em Favor dos Animais


Cairbar Schutel



Vós que vedes luzes nestas letras, que traçam a estrada da Evolução Espiritual, e não vos achais mais escravizados pelo “gênio do mundo”, à erva que seduz, às flores que encantam, tende compaixão dos pobres animais, não os espanqueis, não os maltrateis, não os repudieis!
Lembrai-vos, amigos meus, que o Pai, em sua infinita misericórdia, cerca-os de carinhos, e, prevendo a deficiência de seus Espíritos infantis, lhes dá fartas colheitas sem a condição de que semeiem ou plantem: pratos cobertos de ervas e flores odorosas, bosques sombrios, planícies e planaltos, onde não faltam os frutos da vida; rios, lagos e mares, por onde se escoam os raios do Sol, a luz da Lua, o brilho das estrelas!

Sede bons para com os vossos irmãos inferiores, como desejais que o Pai celestial vos cerque de carinho e de amor!
Não encerreis em gaiolas os pássaros que Deus criou para povoarem os ares, nem armeis ciladas aos animais que habitam as matas e os campos!
Renunciai às caçadas, diversão vil das almas baixas, que se alegram com os estertores das dores alheias, sem pensar que poderão também ter dores angustiosas, e que, nesses momentos, em vez de risos e alegria, precisarão do bálsamo e misericórdia!

Homens! Tratai bem os vossos animais, limpai-os, curai-os, alimentai-os fartamente, dai-lhes descanso, folga no serviço, porque são eles que vos ajudam na vida, são eles que vos auxiliam na manutenção da vossa família, na criação de vossos filhos!
Senhores! Acariciai os vossos ginetes, os vossos cães, dai-lhes remédio na enfermidade, tratamento, liberdade e repouso na velhice!


Carroceiros! Não sobrecarregueis os vossos burros e os vossos cavalos como fazem com os homens os escribas e fariseus: impondo-lhes pesados fardos que eles, nem com a ponta do dedo os querem tocar!

Lembrai-vos que os animais são seres vivos, que sentem, que se cansam, que têm força limitada, e, finalmente, que pensam, e que, em limitada linguagem, acusam a sua impotência, a sua fadiga irreparável aos golpes do relho e das bastonadas com que os oprimis!
Sede benevolentes, porque também em comparação aos Espíritos Divinos, de quem implorais luz e benevolência, sois asnos sujeitos à ação reflexa do bem e do mal!

Senhores e matronas! Moços, moças e crianças! Os animais domésticos são vossos companheiros de existência terrestre; como vós, eles vieram progredir, estudar, aprender! Sede seus anjos tutelares, e não anjos diabólicos e maléficos, a cercá-los de tormentos, a infrigir-lhes sofrimentos!
Sede benevolentes para com os seres inferiores, como é benevolente, para com todos, o nosso Pai que está nos Céus!

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Amando no Sofá

video

sábado, 4 de dezembro de 2010

Amor, só amor.




Aviso Para Quem Visitar A Minha Casa

Quando quiser me visitar fique a vontade, mas lembre-se:
01
Lembre-se de que os cachorros e os gatos vivem aqui, você não.

02
Se você não quer pêlos de cachorro e gato em suas roupas, fique longe dos móveis e do sofá.
03
Sim, eles têm hábitos desagradáveis. Eu e você também você. E daí?!
04
CLARO que eles cheiram a cachorro e gato. . Já percebeu como nós, humanos, cheiramos ao final de um dia de trabalho? Coloque-se no lugar de alguém que tem um olfato 400 vezes mais sensível que o seu e sempre o receberá com explosões de carinho no retorno ao lar.
05
É da natureza deles tentar cheirar você. Por favor, sinta-se à vontade para cheirá-los também.
06
Se existisse algum risco do cachorro mordê-lo, eu não o deixaria se aproximar de você. Porém, não posso impedi-lo de responder a agressões que podem ocorrer até em pensamento, seja para com ele, seja para comigo a quem devotam fidelidade. Os animais percebem, tenha certeza!
07
Se um cachorro tentar lambê-lo é porque aprova sua presença e quer demonstrar isso carinhosamente a você; e lembre-se que cachorros não mentem ou fingem.
Você já tentou beijar alguém e recebeu em troca um empurrão?
08
Aqui cachorros e gatos recebem os devidos cuidados veterinários, alimentação sadia e cuidados higiênicos.
09
Sua companhia é altamente recomendada pelos médicos, e a maioria das doenças que contraímos ao longo da vida com certeza são transmitidas por outros humanos.
10
Há diversas situações nas quais cachorros são preferíveis a pessoas (eu gosto deles mais do que da maioria das pessoas)Afinal de contas, sempre podemos confiar inteiramente em sua fidelidade e sinceridade.
11
Para você eles são simples cachorros e gatos.
Para mim são pequenos filhos adotivos que andam de 4 e não falam tão claramente.
12
Eu não tenho problema em nenhum desses pontos. E você?
13
Seja bem-vindo.Volte sempre que quiser. Sempre respeitando-os, por favor!!!
...são meus filhos.

Os animais são mais sensíveis que nós, bastando se aproximar para distinguir com clareza verdadeiros amigos de pessoas falsas.
...portanto se ele não te lamber, ficarei preocupado[a] com você.
Autor desconhecido

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Gatos


"O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge portátil à disposição de quem o saiba receber." (Artur da Távola)

"Observe um gato quando entra em um quarto pela primeira vez. Procura cheiros, não fica quieto um momento, não confia em nada até que examinou e travou conhecimento com tudo." (Jean-Jacques Rousseau)

"O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são íntimas e profundas. Exigem recolhimento, entrega, atenção." (Artur da Távola)

"Quando faço brincadeiras com meu gato, pergunto-me se ele não se diverte mais comigo do que eu com ele." (Michel de Montaigne)

"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)

"Enquanto não amamos um animal, uma parte da nossa alma permanecerá adormecida." (Anatole France)

"O gato nos ensina a espreguiçar com a massagem mais completa. Em todos os músculos, preparando-se para a ação imediata. O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo." (Artur da Távola)

"Gatos são peritos em conforto." (James Herriot)

"O gato não pede amor. Nem depende dele. Mas, quando o sente, é capaz de amar muito. Um gato é um italiano educado na Inglaterra. Sente como um italiano mas se comporta como um lorde inglês." (Artur da Távola)

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Oração pelos Animais







ORAÇÃO PELOS ANIMAIS
São Francisco de Assis, Jesus querido, ouçam este nosso pedido.Movimentem suas falanges de anjos azuis pelo bem de cada animal que habite nosso planeta e que necessite de ajuda. Livrem os animais silvestres das mãos dos traficantes, salvem os animaizinhos de laboratório, ratinhos, lebres, cães, macacos, cavalos e todos os outros...
Salvem todos do sofrimento e da dor! Inspirem as pessoas na busca de uma alimentação sem carne.
Salvem as baleias das lanças covardes, salvem as focas dos caçadores sem coração, amenizem a angústia nos matadouros, olhem pelos animais nos circos, purifiquem o coração dos donos de animais de estimação, cuidem com carinho dos cães, gatos, peixes e passarinhos.

Livrem as pequenas aves da mira dos estilingues, das pedras e espingardas de chumbo. Ajudem, irmãos, os pobres cavalinhos que puxam carroças o dia todo, os cães e gatos abandonados e os que sofrem nos lares provisórios esperando donos que nunca aparecerão.
Irmãos de luz, seres abençoados, trabalhadores celestes do bem, abracem com seu amor sem fim todos os animais do nosso planeta.
Salvem também seus habitats naturais, as florestas, os rios, os mangues, brejos, lagoas, céus e mares. Que os corações humanos sintam-se tocados e cheios de amor, que a violência e os maus-tratos sejam banidos de vez, e que todos nós, humanos e animais, possamos viver juntos e em paz hoje e para sempre!Que assim seja!
ROGÉRIO ROTHJE –>
Redator publicitário e cronista –

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O Chamego na Gatinha

video

Gatinha fazendo xixi no vaso

video

sábado, 1 de agosto de 2009

O amor dos gatos!

Nós gatos - sabemos amar...
Os Gatos e nós - Eles são uns anjos que nos protegem.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

O Pitbul e o Gatinho

O amor do gatinho e o pitbul, tão temido pelos humanos. Se os humanos fossem como os animais e pudessem amar a todos sem olhar as diferenças, o mundo seria muito melhor.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Amigos, sempre Amigos!

Feliz Dia do Amigo! Quem conhece o amor dos gatinhos, sabe o que é a verdadeira amizade


quarta-feira, 22 de julho de 2009

Zyons, Pimentinha e Ninniki

Amigos , sempre juntos, até que Zyons teve que ir primeiro para um lugar reservado para as criaturas que vêm ao mundo , como os anjos aqui na terra, trazendo alegria, boa energia , e ensinando aos seus donos o que é o amor., sem pedir nada em troca.

Pinpix - dançando balé.

Mensagem de Natal!


Feliz Natal
Uma mensagem de Natal dos animais,
nossos irmãos,
para todos os seres humanos

Queridos senhor e senhora, meninos e meninas, é chegado mais um Natal, data especial, repleta de significado, e nós animais continuamos implorando amor e em muitos casos até mesmo misericórdia e compaixão, pois não podemos falar.
Nós sabemos que os seres humanos andam muito preocupados em busca de sua sobrevivência, mais saibam que nós animais precisamos muito pouco, em muitas casos apenas de um prato de comida e um pouco de carinho, e atenção.
Às vezes andamos pelas ruas e somos maltratados, agredidos, xingados, humilhados. Parecemos invisíveis, pequenos seres, esquecidos, mas que amamos muito as pessoas que estão a nossa volta, mesmo aquelas que dizem que não gostam de animais.
Queremos ter um lar, um prato de leite, um pouco de água, um lugar para dormir. Na verdade, mesmo que não se acredite neste fato, nós somos seus irmãos, que estamos em evolução, e que também temos como criador, Deus, o pai do mestre Jesus, que também disse que os animais merecem respeito.
Desta forma, pedimos, na verdade rogamos, um pouco de respeito e de consideração. Por favor, nos ajude a continuar vivendo neste mundo tão competitivo, onde as pessoas se esquecem que independentemente de sua condição econômica ou social, assim como nós, todos um dia teremos que partir, levando apenas o nosso corpo físico e nada mais.
Saiba que a nossa esperança são vocês, seres humanos, feitos a imagem e semelhança do Criador. Nós animais também fomos criados pelo Mestre, Senhor dos Mundos, e somos seus companheiros nesta caminhada chamada vida.
Desejamos a vocês, seres humanos, um Natal cheio de amor e paz, e muito amor e carinho pelos animais, em especial aqueles que foram domésticados e que não vivem sem as pessoas.
Autoria: Paulo Tadeu Rodrigues Rosa

Publicado no Recanto das Letras em 23/12/2009
Código do texto: T1993049
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Licença Creative Commons

Presente Oferecido!

Presente que Ofereço! Pode levar, se gostar!

Para Você! Clique na Imagem,

Para Você! Clique na Imagem,
Ao Abrir clique no poste

PRESENTES RECEBIDOS

Presentes de Natal Recebidos!

Vela da Paz-2011

Natal -Momento Especial

Recebido do Coração Solidario

Recebido de Nina Maria!
Contato

Natal do Aconchego

gatinho

Nosso Natal vai ser no Aconchego

Vamos enbarcar nesta vagãozinho para o aconchego